Expressividade na escrita escolar: ensino/aprendizagem da língua viva

Domínios De [email protected]

Endereço:
Av. João Naves de Ávila, 2121 - Sala 1U-206 - Santa Mônica
Uberlândia / MG
38408-144
Site: http://www.seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem
Telefone: (34) 3239-4162
ISSN: 19805799
Editor Chefe: Guilherme Fromm
Início Publicação: 31/05/2007
Periodicidade: Trimestral
Área de Estudo: Linguística

Expressividade na escrita escolar: ensino/aprendizagem da língua viva

Ano: 2018 | Volume: 12 | Número: 3
Autores: Sirleide de Almeida Lima, Sinval Martins de Sousa Filho
Autor Correspondente: Sirleide de Almeida Lima | [email protected]

Palavras-chave: Língua materna, Enunciado concreto, Expressividade, Gênero poético

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Neste artigo, analisamos a expressividade de textos escolares produzidos em oficina de poesia e averiguamos marcas linguístico-discursivas em montagens e desmontagens de arranjos léxico-gramaticais. A proposta da oficina  propiciou aos jovens discussões sobre diferentes gêneros discursivos; especialmente, dos textos ligados aos gêneros poéticos que permitem reflexões sobre a língua e um trabalho com recursos expressivos que se concretizam de maneira singular. Inscritos nos pressupostos filosófico-linguísticos de Bakhtin, discutimos qual a repercussão a definição de língua como objeto dos estudos linguísticos e a necessidade de sistematização epistemológica têm nos valores que recaem sobre as reflexões dos procedimentos didático-metodológicos no ensino de língua materna. O aporte metodológico centra-se no estudo de caso e nas postulações metodológicas de Bakhtin para o estudo de enunciados. Os resultados permitem-nos considerar que a produção escrita articulada a um processo de interação verbal melhora a proficiência escritora e os graus de adequação discursiva dos alunos.



Resumo Inglês:

In this paper, we analyze the expressiveness of school texts produced in a poetry workshop and we investigate linguistic-discursive marks in assembling and disassembling lexical-grammatical arrangements. The workshop proposal provided the youngsters with discussions on different discursive genres; especially the texts related to the poetic genres that allow reflection on the language and a work with expressive resources that are concretized in a unique way. Inscribed in Bakhtin's philosophical-linguistic presuppositions, we discuss the repercussion of the definition of language as an object of linguistic studies and the need for epistemological systematization in the values that fall on the reflections of didactic-methodological procedures in the teaching of mother tongue. The methodological contribution focuses on the case study and the Bakhtin methodological postulates for the study of utterances. The results allow us to consider that the written production articulated to a process of verbal interaction improves the writing proficiency and the students' degrees of discursive adequacy.