Excesso de Confiança e Otimismo Sobre a Estrutura de Capital de Firmas Brasileiras com Diversidade no Conselho de Administração

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

Excesso de Confiança e Otimismo Sobre a Estrutura de Capital de Firmas Brasileiras com Diversidade no Conselho de Administração

Ano: 2017 | Volume: 18 | Número: 3
Autores: Thiago Bruno de Jesus Silva, Paulo Roberto da Cunha, Rafael Ferla
Autor Correspondente: Thiago Bruno de Jesus Silva | [email protected]

Palavras-chave: excesso de confiança, mecanismos de governança corporativa, estrutura de capital

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo foi analisar a influência do excesso de confiança e otimismo gerencial sobre a estrutura de capital de firmas brasileiras aderentes à diversidade no conselho de administração. A amostra da pesquisa foi composta por 50 empresas, sendo 26 companhias que possuíam todos os mecanismos e 24 que não possuíam nenhum dos mecanismos de governança corporativa. Na análise dos dados utilizou-se a estatística descritiva e a análise em painel. Observou-se que empresas sem mecanismos de governança corporativa apresentam maior volume de ações em tesouraria, bem como alavancagem contábil e de mercado. Os resultados demonstraram que as empresas não aderentes à diversidade no conselho de administração possuem maior excesso de confiança e otimismo gerencial no endividamento e são mais propensas à recompra de ações em tesouraria do que as firmas que possuem adesão aos mecanismos de governança corporativa (não dualidade do conselho de administração, membros externos e presença de mulheres). Esta pesquisa contribui com evidências empíricas de que mecanismos de governança corporativa podem ter um efeito de limitar o excesso de confiança e otimismo gerencial das empresas.



Resumo Inglês:

The main objective was to analyze the influence of overconfidence and management optimism over the capital structure in Brazilian firms adhered to the diversity in the board of directors. The research sample was consisted of 50 companies, of which, 26 were companies that had all the mechanisms and 24 that did not have any of the mechanism of corporate governance. In the data analysis the descriptive statistics and panel analysis were used. It was observed that companies without mechanism of corporate governance have a greater volume of treasury shares as well as accounting and market leverage. The results showed that companies that are not adhered to board diversity have greater overconfidence and managerial optimism to indebtedness and are more likely to repurchase treasury shares than firms that have adherence to mechanisms of corporate governance (non-duality of Board of directors, external members and presence of women). This research contributes with empirical evidence that mechanisms of corporate governance may have an effect of limiting the overconfidence and management optimism by the companies.