Etica, trascendenza e sostenibilità

Atualidade Teológica

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Departamento de Teologia - PUC-Rio - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451-900
Site: http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/rev_ateo.php?strSecao=INDEX
Telefone: (21) 03527-1974
ISSN: 16763742
Editor Chefe: Maria Teresa de Freitas Cardoso
Início Publicação: 30/11/1997
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Teologia

Etica, trascendenza e sostenibilità

Ano: 2016 | Volume: 20 | Número: 54
Autores: Cardinal Gianfranco Ravasi
Autor Correspondente: G. Ravasi | [email protected]

Palavras-chave: Ética, Transcendência, Sustentabilidade, Ecologia, Desenvolvimento.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Tendo presente a realidade hodierna e, sobretudo, o desafi o dominante
aos nossos dias, de salvar o planeta, a nossa Casa Comum, muitos passos
devem ser ainda percorridos, em consonância com a história já realizada
até agora. A colaboração entre crentes e não crentes se torna cada dia mais
necessária e urgente. Por isso, deve-se refl etir sobre alguns temas fundamentais
que nos ajudam a caminhar juntos, como: ética, verdade, transcendência,
imanência, desenvolvimento, sustentabilidade, pluralismo cultural, natureza
humana, laicidade, reciprocidade, doação etc. O presente ensaio quer oferecer
uma pequena contribuição neste Ano da Misericórdia à proposta que nos é
apresentada pelo Papa Francisco para que se possa dialogar com o mundo,
sobretudo a partir das várias experiências dos “Pátios dos Gentios” que
muitas dioceses da Igreja católica e instituições leigas estão realizando no
mundo, buscando sempre o diálogo com a sociedade em geral, seja com os
crentes seja com os não crentes. A fi nalidade é aquela de refl etir juntos para
encontrar caminhos possíveis para salvar o nosso planeta, a partir de uma
ética que tenha presente a sustentabilidade e também respeite o transcendente.
Seguramente no futuro a humanidade conhecerá um desenvolvimento maior
que aquele hodierno, mas o grande desafi o é aquele de efetuá-lo sempre em
maneira responsável e sustentável, em vista do bem comum e não de poucos privilegiados. Então, é indispensável que crentes e não crentes podem e devem
trabalhar juntos. O horizonte será sempre aquele de um profícuo diálogo e
também de um respeito em relação ao mistério do Transcendente presente na
Criação para o bem de todos os homens.