Estudos prisionais nas Ciências da Religião e Teologia: situação, desafios e possibilidades

Pesquisas em Teologia

Endereço:
Rua Marquês de São Vicente - 225 - Gávea
Rio de Janeiro / RJ
22451900
Site: http://periodicos.puc-rio.br/index.php/pesquisasemteologia/index
Telefone: (21) 3527-1974
ISSN: 2595-9409
Editor Chefe: Prof. Dr. Abimar Oliveira de Moraes
Início Publicação: 05/12/2018
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Teologia

Estudos prisionais nas Ciências da Religião e Teologia: situação, desafios e possibilidades

Ano: 2020 | Volume: 3 | Número: 5
Autores: Lucas Henrique Pereira Duarte
Autor Correspondente: L. H. P. Duarte | [email protected]

Palavras-chave: Estudos prisionais, Ciências da Religião e Teologia, Estado da questão, Teologia Pública

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O presente texto é um estudo parcial de um projeto de pesquisa mais amplo sobre o cárcere no campo da Teologia Pública, que busca conciliar teorias e práticas disruptivas para a abolição dos aparelhos punitivos, por meio de análise bibliográfica, entendendo as razões e práticas punitivas ao longo da história e identificando sedimentos teológicos na estrutura prisional. Trata-se, aqui, apenas uma abordagem preliminar de investigação do status quaestionis dos estudos prisionais na área de Ciências da Religião e Teologia. Para tanto, fez-se necessário conhecer a pesquisa sobre prisão no quadro mais amplo das ciências jurídicas e sociais, realçando a importância da obra Surveiller et punir (1975) de Michel Foucault para a academia brasileira. Logo, passamos a focar em nossa área, destacando dissertações e teses recentes, publicações e eventos, tanto no contexto brasileiro como internacional, mapeados pela nossa pesquisa. Assim, foi possível analisar as produções, localizar encontros e desencontros e apontar possíveis caminhos para o estudo crítico das prisões desde a tradição libertadora latino-americana como Teologia Pública.



Resumo Inglês:

This text is a partial study of a broader research project on prison in the field  of  Public  Theology,  which  seeks  to  reconcile  disruptive  theories  and practices for the abolition of punitive devices, through bibliographic analysis, understanding the reasons and punitive practices to the throughout history and identifying  theological  sediments   in  the  prison  structure.  This  is  just  a preliminary approach to investigating the status quaestionis of prison studies in the area of Theology and Science of Religion. For that, it was necessary to know the research  on prison in the broader framework of  legal and social sciences, highlighting the importance of MichelFoucault’s Surveiller et punir (1975) for the brazilian academy. Soon, we started to focus on our area, highlighting recent dissertations  and  theses,  publications  and  events,  both  in  the  Brazilian  and international context, mapped by our research. Thus, it was possible to analyze the productions, locate encounters and mismatches and point out possible paths  for the critical study of prisons since the Latin American liberating tradition as Public Theology.