ESTUDO DE CASO ACERCA DA DESTINAÇÃO DO LIXO DOMÉSTICO E CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL EM RESTINGA SÊCA - RS

Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul

Endereço:
Avenida Borges de Medeiros, 1501/9º andar.
Porto Alegre / RS
90119-900
Site: http://planejamento.rs.gov.br/boletim-geografico
Telefone: (51) 3288-1539
ISSN: 24467251
Editor Chefe: Laurie Fofonka Cunha
Início Publicação: 30/06/1955
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Geografia

ESTUDO DE CASO ACERCA DA DESTINAÇÃO DO LIXO DOMÉSTICO E CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL EM RESTINGA SÊCA - RS

Ano: 2016 | Volume: 0 | Número: 27
Autores: S. S. Schio
Autor Correspondente: S. S. Schio | [email protected]

Palavras-chave: Problemática Ambiental; Lixo doméstico; Poluição; Conscientização

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O lixo é um dos problemas ambientais que ameaçam a vida no planeta Terra, pois além de poluir o
solo, a água e o ar, também atrai animais que veiculam inúmeras doenças. Sua adequada destinação
torna-se cada dia mais importante, pois o acondicionamento feito de forma incorreta pode ocasionar
prejuízos ao meio ambiente e a população em geral. A problemática ambiental vem sendo
considerada cada vez mais urgente e importante para a sociedade. Nessa perspectiva, o presente
trabalho tem como objetivo compreender o grau de comprometimento ambiental de famílias rurais e
urbanas ligadas à Escola Estadual de Ensino Médio Érico Veríssimo, Restinga Seca (RS). Neste
estudo, aliamos a pesquisa bibliográfica à pesquisa de campo com vistas a, em um primeiro
momento, fazer o levantamento de subsídios teóricos acerca da temática abordada. Em um segundo
momento, a pesquisa de campo, durante a qual, foi aplicado um questionário semiestruturado
abrangendo questões ambientais, em especial a destinação do lixo doméstico, a serem respondidos
por alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries do ensino médio da referida escola. Os questionários foram avaliados
e comparados de acordo com a procedência dos alunos (zona rural ou urbana), qualitativa e
quantitativamente. Os resultados demonstram que tanto as famílias oriundas do meio rural quanto
do meio urbano, tem ciência, em tese, da correlação entre o tratamento inadequado do lixo
doméstico e o dano ambiental. Contudo, a prática parece não confirmar essa premissa. As famílias,
independente da região de origem, desconhecem ou não valorizam cuidados mínimos como o
descarte adequado de óleo de cozinha ou o uso de produtos que gerem pouco lixo. Sendo assim,
esta investigação justifica-se ao possibilitar maior reflexão acerca da problemática ambiental e a
importância de uma conscientização e sensibilização no que tange à destinação do lixo doméstico
por todos os indivíduos.



Resumo Inglês:

Waste is one of the environmental problems that threaten life on planet Earth, as well as polluting
the soil, water and air, also attracts animals that convey numerous diseases. Their proper disposal
becomes increasingly important because the packaging done incorrectly can cause damage to the
environment and the general population. The environmental issue has been considered increasingly
urgent and important to the society. In this perspective, the present work aims to understand the
degree of commitment environmental of rural and urban households connected to Erico Verissimo
High School, Restinga Seca (RS). In this study, we combined the literature research to the field
research with a view to, in a first moment, a raising theoretical support about the theme addressed. In a second stage, fieldwork, during which it was applied a semi-structured questionnaire covering
environmental issues, in particular the allocation of household waste, to be answered by students
from 1st, 2nd and 3rd year of high school aforementioned. The questionnaires were evaluated and
compared according to the origin of the students (rural or urban), qualitatively and quantitatively.
The results show that both families from the rural areas as the urban environment, science has, in
theory, the correlation between the inappropriate treatment of household waste and environmental
damage. However, the practice seems to confirm this assumption. Families, regardless of region of
origin, are unaware or do not value minimal care such as proper disposal of cooking oil or the use of
products that generate little waste. Thus, this research is justified to allow greater reflection about
environmental issues and the importance of awareness and sensitization regarding the allocation of
household waste by all individuals.