ESTUDO COMPARATIVO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA “IN VIVO” DE SEIS ANTISSÉPTICOS BUCAIS SOBRE A MICROBIOTA DA SALIVA*

Revista Ciência Plural

Endereço:
Av. Senador Salgado Filho 1787, Lagoa Nova
Natal / RN
59056-000
Site: http://www.periodicos.ufrn.br/rcp
Telefone: (84) 3442-2338
ISSN: 2446-7286
Editor Chefe: Iris do Céu Clara Costa
Início Publicação: 31/12/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Saúde coletiva

ESTUDO COMPARATIVO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA “IN VIVO” DE SEIS ANTISSÉPTICOS BUCAIS SOBRE A MICROBIOTA DA SALIVA*

Ano: 2015 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: Milton de Uzeda, Fernando Antonio da Cunha Magalhães, Ana Paula Vieira Colombo, Kenio Costa Lima.
Autor Correspondente: Milton de Uzeda | [email protected]

Palavras-chave: Antissépticos Bucais; Saliva; Bactérias.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Introdução:Soluções de antissépticos bucais podem desempenhar importante papel no controle químico do biofilme dentário. No entanto, os procedimentosde controle de qualidade relacionados com a atividade antimicrobiana destes enxaguatórios contra bactérias da cavidade oral não são bem divulgados. Objetivo:Avaliar a atividade antimicrobiana in vivo de seis soluções de antissépticos bucais disponíveis no mercado brasileiro, empregadas como enxaguatórios contra bactérias da saliva humana. Material e métodos:Um estudo in vivofoi desenvolvido com indivíduos voluntários (8 do sexo masculino e 7 do sexo feminino, variando de 18 a 63 anos de idade ), independente do estado de saúde bucal. Os seguintes produtos comerciais foram testados durante 2 horas após um único procedimento de bochecho: 1) Plax®, 2) Listerine®, 3) Periogard®, 4) Cepacol®, 5) Sanifill Premium® e 6) Oral B®.Os resultados foram analisados pelo teste de ANOVA de medidas repetidas e ANOVA one-way com um nível de significância de 5%. Resultados:Houve diferença significativa (p <0,05) observada na diminuição da carga microbiana para Plax® entre o início (antes anti-séptico bucal) e imediatamente após o bochecho (T0); para Periogard® entre os valores iniciais e T60 (60 minutos após o bochecho), na linha de base e T120 (120 minutos após o bochecho) e B® Oral entre os valores iniciais e T-30 (30 minutos após o bochecho). Periogard® apresentou a maior redução da carga microbiana salivares. Conclusão:Dos seis bochechos testados, Plax®, Oral B® e Periogard ® apresentou atividade antibacteriana imediata. Periogard® foi o anti-séptico bucal que mostrou a atividade mais prolongada contra bactérias anaeróbias salivares.



Resumo Inglês:

Introduction:Mouthwashes solutions can play an important role in the chemical control of dental biofilm. However, quality control procedures related to antimicrobial activity of these solutions against oral bacteria are not well known. Objective:Toevaluate in vivoantimicrobial activity of six mouthwashes solutions available in the Brazilian market against anaerobic salivary bacteria. Material and methods:An in vivostudy was developed in human volunteers (8 male and 7 female, ranging from 18 to 63 years old), despite their oral health status. The following commercial products were tested after 2 hours of a single mouthwash procedure: 1) Plax®, 2) Listerine®, 3) Periogard®, 4) Cepacol®, 5) Sanifill Premium® and 6)Oral B®. Data were analyzed by ANOVA to repeated measures and ANOVA one-way with a significance level of 5%. Results:Statistically significant difference (p<0.05)was observed in the decrease of microbial counts to Plax®between baseline (before mouthwash) and immediately after mouthwash(T0); to Periogard® between baseline and T60 (60 minutes after mouthwash), baseline and T120 (120 minutes after mouthwash) and to Oral B® between baseline and T-30 (30 minutes after mouthwash). Periogard®showed the highest and delayed reduction of salivary microbial counts. Conclusion:Out of six tested mouthwashes, Plax®, Oral B® and Periogard® showed immediate antibacterial activity.Periogard®was the oral anti-septic that showed the best delayed activity against salivary anaerobic bacteria.