Estratégias de aprendizagem autorregulada em contabilidade: um estudo em duas instituições privadas do ensino superior catarinense

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

Estratégias de aprendizagem autorregulada em contabilidade: um estudo em duas instituições privadas do ensino superior catarinense

Ano: 2016 | Volume: 17 | Número: 3
Autores: Thiago Bruno de Jesus Silva, Samuel Haag, Vania Tanira Biavatti, Luis Antonio Lay
Autor Correspondente: Thiago Bruno de Jesus Silva | [email protected]

Palavras-chave: aprendizagem autorregulada, contabilidade, instituições de ensino superior

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo do estudo consistiu em analisar o perfil dos estudantes de Ciências Contábeis em relação às estratégias de aprendizagem autorregulada. Para tanto, foram levantados os seguintes objetivos específicos: (a) identificar quais são as estratégias de aprendizagem autorregulada utilizadas por estudantes de Contabilidade; (b) verificar como essas estratégias poderiam ser explicadas a partir do tempo de curso, idade e gênero. Para identificar as estratégias de aprendizagem autorregulada foi utilizada a estatística descritiva e, para verificar de que forma essas estratégias poderiam ser explicadas a partir do semestre, idade e gênero do estudante, foram utilizados a Análise Fatorial e testes paramétricos de comparação de médias (teste t). Os resultados apontaram que as estratégias mais empregadas são: revisão, ajuda externa, estrutura ambiental e autoavaliação. Ao explicar as estratégias de aprendizagem autorregulada por meio do tempo de curso, gênero e idade, os resultados indicaram que as médias são significativamente diferentes para o gênero e idade. O estudo contribui para reforçar a importância de refletir sobre o ensino-aprendizagem desenvolvido com a intenção de armazenar conhecimentos e para repensar em medidas que conduzam a aprendizagem autônoma do estudante como vital para o desenvolvimento de competências profissionais, que, por sua vez, requer a revisão da prática pedagógica universitária da educação contábil.



Resumo Inglês:

The objective of the study is to analyze the profile of Accounting students in relation to the self-regulated learning strategies. Therefore, we listed, the following Specific Objectives: (a) identify what self-regulated learning strategies are used by Accounting students; (B) determine how these strategies could be explained from the course time, age and gender. In order to identify the self-regulated learning strategies we used descriptive statistics, and to check how these strategies could be explained from the semester, age and student gender we used Factor Analysis and mean comparison parametric tests (t test ). The results show that the most used strategies are: review, external aid, environmental structure and self-assessment. In explaining the self-regulated learning strategies by the course time, gender and age, the results indicated that the averages are significantly different for age and gender. This study helps to reinforce the importance of reflecting on the teaching-learning developed with the intention of storing knowledge and to rethink measures that lead to student autonomous learning as vital to the development of professional skills, which requires review of Accounting education university teaching practice.