Contabilidade Desportiva: Um estudo sobre o impacto dos investimentos na formação de atletas nas marcas dos clubes brasileiros de futebol

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

Contabilidade Desportiva: Um estudo sobre o impacto dos investimentos na formação de atletas nas marcas dos clubes brasileiros de futebol

Ano: 2018 | Volume: 19 | Número: 2
Autores: Ronan Reis Marçal
Autor Correspondente: Ronan Reis Marçal | [email protected]

Palavras-chave: custo de formação de atletas, ativo intangível, contabilidade desportiva

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Recentemente, muitos estudos contribuíram para o campo da Contabilidade Desportiva, especialmente no tocante ao futebol. Majoritariamente, tais estudos são qualitativos e focam nos custos de formação dos atletas. Fugindo do escopo tradicional, este trabalho objetiva identificar, através de uma abordagem quantitativa, se há relação positiva entre os investimentos feitos nas categorias de base e o valor das marcas dos clubes brasileiros de futebol. Para tal, foi utilizada a técnica de análise de regressão, tendo como variável dependente o valor das marcas dos clubes, obtido em estudo específico da empresa BDO, e como variável preditora os custos de atletas em formação, coletados diretamente dos demonstrativos publicados pelos clubes. A amostra final contém 66 observações que remetem aos clubes da Série A do futebol brasileiro, entre os anos de 2013 e 2016. Os resultados apontam um poder de explicação de, aproximadamente, 34% do valor das marcas através dos investimentos feitos nas categorias de base, sendo o modelo gerado estatisticamente significativo a um nível de 99% de confiança. Com tais resultados, foi possível atestar que os investimentos nas categorias de base possuem relação positiva com o valor das marcas dos clubes, corroborando os achados de estudos anteriores de que gastos na formação de atletas são verdadeiros investimentos para os clubes. Complementarmente, foi verificado, através de testes de diferença de médias, que existe diferença estatisticamente significativa no valor das marcas dos clubes e no nível de investimentos feitos nas categorias de base de acordo com as regiões geográficas dos clubes.



Resumo Inglês:

Recently, many studies have contributed to the field of Sports Accounting, especially in football. Majorly, such studies are qualitative and focus on the training costs of athletes. Evading the traditional scope, this work aims to identify through a quantitative approach if there is a positive relation between the investments made in the basic categories and the value of the brands of the Brazilian soccer clubs. For this, the regression analysis technique was used, having as dependent variable the value of club brands, obtained in a specific study of the company BDO and as a predictor variable the costs of athletes in training, collected directly from the statements published by the clubs. The final sample contains 66 observations that refer to Brazilian A Series clubs between the years of 2013 and 2016. Results showed an explanation power of approximately 34% of the value of brands through investments made in the basic categories, being the generated model statistically significant at 99% level of confidence. With these results, it was possible to confirm that the investments in the basic categories have a positive relation with the value of the clubs’ brands, corroborating the findings of previous studies that spending on the training of athletes are real investments for the clubs. In addition, it was verified through means difference tests that there is a statistically significant difference in the value of the clubs’ brands and in the level of investments made in the base categories according to the geographic regions of the clubs.