Condição de Saúde Bucal em Crianças de 12 anos Atendidas no Setor de Odontopediatria de uma Policlínica no Rio de Janeiro, Brasil

Revista Naval de Odontologia - Naval Dental Jornal (ano 2017)

Endereço:
Praça Barão de Ladário - 1 - Centro
Rio de Janeiro / RJ
20091-000
Site: https://portaldeperiodicos.marinha.mil.br/index.php/odontoclinica/index
Telefone: (21) 2104-6588
ISSN: 0102-7506
Editor Chefe: Daniela Cia Penoni
Início Publicação: 31/10/1953
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências da Saúde, Área de Estudo: Odontologia

Condição de Saúde Bucal em Crianças de 12 anos Atendidas no Setor de Odontopediatria de uma Policlínica no Rio de Janeiro, Brasil

Ano: 2017 | Volume: 44 | Número: 1
Autores: Macedo J.P, Soares, L.F, Salles, L.M
Autor Correspondente: Macedo J.P | [email protected]

Palavras-chave: Saúde Bucal, Criança, Índice CPO

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste estudo foi descrever a condição de saúde bucal de crianças de 12 anos de idade. Trata­-se de um estudo transversal que envolveu 100 indivíduos. As condições de saúde bucal investigadas e seus respectivos índices foram: cárie dentária (índice CPOD); fluorose dentária (índice de Dean); condição periodontal (Índice Periodontal Comunitário -IPC); e anomalias dentofaciais (Índice de Estética Dental -IED), de acordo com os critérios descritos pela OMS. Setenta e dois por cento das crianças se apresentavam livres de cárie e o CPOD médio foi de 0,6 (d.p. 1,1). Foi observada alta prevalência de fluorose dentária (43%). A maioria dos pacientes (63%) apresentou alguma alteração gengival em pelo menos um sextante examinado. Quanto às anormalidades dentofaciais, 91,4% das crianças necessitavam de algum tipo de intervenção clínica. Concluiu-se que, apesar da frequência de cárie dentária ter sido baixa, a condição de saúde bucal nas crianças de 12 anos neste estudo não é ideal, pois os parâmetros observados de saúde gengival e maloclusão estavam acima do preconizado para a idade. 



Resumo Inglês:

To describe oral health condition of children of 12 years-old. This is a transversal study in a population of 100 individuais. The oral health conditions investigated and respectives indexes are: dental caries (DMFT); dental fluorose (Dean's lndex); periodontal condition (Communitary Periodontal lndex -CP!); and dentofacial abnormalities (Dental Aesthetic Index), under WHO. The percentage of caries free individuais were seventy two and the DMFT index 0,6. lt was observed high prevalence of dental fluorosis (43%). Most of the children (63%) presented sarne gingival alteration by examined sextants. ln terms of dentofacial abnormalities, 91,4% of children need clinicai intervention. According to these results was concluded that, authough dental caries frequence is low, the oral health condition in children of 12 years­old in this study is not ideal, because the gingival health and dentofacial abnormalities parameters were elevated.