As categorias de análise dialógica do enunciado (literário): uma análise de Still I Rise de Maya Angelou

Odisseia

Endereço:
Avenida Senador Salgado Filho, 3000 - Lagoa Nova
Natal / RN
59078-970
Site: http://www.periodicos.ufrn.br/odisseia/index
Telefone: (84) 3342-2220
ISSN: 1983-2435
Editor Chefe: Katia Aily F. de Camargo e Orison Marden Bandeira de Melo Júnior
Início Publicação: 31/07/2008
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Letras, Área de Estudo: Linguística

As categorias de análise dialógica do enunciado (literário): uma análise de Still I Rise de Maya Angelou

Ano: 2015 | Volume: 0 | Número: 14
Autores: Carlos Alexandre da Silva Irmão
Autor Correspondente: C. A. S. Irmão | [email protected]

Palavras-chave: análise dialógica, enunciado, literatura afro-americana, Still I rise.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este artigo teve o objetivo de apresentar uma análise do poema Still I Rise de Maya Angelou a partir das categorias de análise dialógica apresentadas por Fiorin e da explicação dos componentes do enunciado (literário) dada por Volochínov. Dessa forma, com base nesse aporte teórico, metodologicamente, a análise privilegiou o texto, pois seu ponto de partida foi a materialidade do poema. Entretanto, não confinado a ele, buscou significação social, apontando elementos em que o poema, enquanto enunciado e, por conseguinte, elo na cadeia discursiva, traz para essa arena não apenas os discursos voltados à subjugação do negro por meio da segregação legalizada, o Jim Crowism, mas aqueles voltados à sua elevação (rise).