BREVE ABORDAGEM HISTÓRICA SOBRE O POTENCIAL ENERGÉTICO DOS FOLHELHOS DA FORMAÇÃO IRATI (BACIA DO PARANÁ) NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul

Endereço:
Avenida Borges de Medeiros, 1501/9º andar.
Porto Alegre / RS
90119-900
Site: http://planejamento.rs.gov.br/boletim-geografico
Telefone: (51) 3288-1539
ISSN: 24467251
Editor Chefe: Laurie Fofonka Cunha
Início Publicação: 30/06/1955
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Geografia

BREVE ABORDAGEM HISTÓRICA SOBRE O POTENCIAL ENERGÉTICO DOS FOLHELHOS DA FORMAÇÃO IRATI (BACIA DO PARANÁ) NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Ano: 2015 | Volume: 0 | Número: 25
Autores: A.J. Maraschin, A.S. Ramos
Autor Correspondente: A.J. Maraschin | [email protected]

Palavras-chave: Formação Irati, Bacia do Paraná, folhelhos orgânicos, hidrocarbonetos

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A Formação Irati (Permiano da Bacia do Paraná) é uma das formações geológicas mais estudadas
dentre as formações sedimentares brasileiras, devido às suas ocorrências fossilíferas singulares,
sendo, assim, de interesse científico em busca da melhor compreensão sobre a evolução
geohistórica da Bacia do Paraná. Mas desde o início do Século XX que a Formação Irati tem
despertado o interesse econômico por ser constituída, em grande parte, de rochas orgânicas
denominadas como folhelhos oleígenos. As diversas litologias que compõem a Formação Irati
afloram nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso e
Goiás, porém, é no Rio Grande do Sul e no Paraná que os folhelhos oleígenos concentram o maior
potencial econômico sendo que, no Paraná, desde a década de 1970 a produção de óleo e gás desses
folhelhos supre as necessidades de empresas locais. No Rio Grande do Sul, na região de São
Gabriel, os folhelhos oleígenos Irati, assim como no Paraná, também ocorrem com grande potencial
energético, sendo alvo de tentativas frustradas de exploração e produção, no final da década de
1930 e entre 1979 e 1981. Assim, tem-se como objetivo nesse trabalho apresentar uma revisão
bibliográfica sobre o interesse econômico em um potencial energético alternativo em território
gaúcho.



Resumo Inglês:

The Irati Formation (Permian of the Paraná Basin) is one of the most studied geological formations
among Brazilian sedimentary formations, due to its unique fossil-bearing occurrences, thus of
scientific interest in search of better understanding of evolution of the Paraná Basin. However, since
of the early twentieth century that the Irati Formation has aroused economic interest as it consists
mostly of organic rocks, known as oil shales. The Irati Formation outcrops in the states of Rio
Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso and Goiás, however, is in the states
of Rio Grande do Sul and Paraná that oil shales with the highest economic potential and, in Paraná,
from the 1970s, the production of oil and gas from these shales meet the needs of local industries. In
Rio Grande do Sul State (São Gabriel region) the oil shales occur with great energy potential, as in
the Paraná State, target of frustrated attempts to exploration and production in the late 1930 and between 1979 and 1981.. Thus, the objective this work is present a literature review of the
economic interest in an alternative energy potential in Rio Grande do Sul State