Bacia hidrográfica do rio Manhuaçu: caracterização ambiental e proteção de nascentes

Revista Mineira de Recursos Hídricos (RMRH)

Endereço:
Rodovia Papa João Paulo II 4143 - Prédio Minas - 1º andar - Serra Verde
Belo Horizonte / MG
31630-900
Site: http://rmrh.igam.mg.gov.br
Telefone: (31) 3915-1568
ISSN: 2675-3359
Editor Chefe: Marília Carvalho de Melo
Início Publicação: 01/01/2020
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Engenharia sanitária, Área de Estudo: Multidisciplinar

Bacia hidrográfica do rio Manhuaçu: caracterização ambiental e proteção de nascentes

Ano: 2020 | Volume: 1 | Número: 2
Autores: R. A. Barbosa, A. S. Lorenzon, K. C. Tonello, J. B. L. Côrrea, J. Bramorski, L. C. T. Dias,
Autor Correspondente: R. A. Barbosa | [email protected]

Palavras-chave: POLÍTICAS PÚBLICAS, BACIA HIDROGRÁFICA, GESTÃO AMBIENTAL, BACIA DO RIO DOCE

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A bacia hidrográfica do Rio Manhuaçu possui 8.805,33 km² de área e é uma das principais sub-bacias do Rio Doce  compreendendo os estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Os objetivos deste trabalho foram: (1) realizar a caracterização ambiental da bacia do Rio Manhuaçu e das principais sub-bacias; (2) descrever as atividades relacionadas à proteção de nascentes na bacia do Rio Manhuaçu e propor medidas que favoreçam a restauração florestal de APPs de nascentes. Foi utilizado um mosaico ASTER/DEM, com 30m de resolução espacial para extrair a hidrografia numérica da bacia com posterior delimitação das sub-bacias acima de 4ª ordem. Visitas às principais sub-bacias foram realizadas para melhor caracterização e descrição. Verificou-se que a Bacia principal possui 31 sub-bacias acima de 4ª ordem. A maior sub-bacia é a  do Rio José Pedro que corresponde a 40% da área da bacia. A cultura cafeeira é predominante na região de cabeceira, ocorrendo uma transição para a pecuária leiteira em direção a foz. O cercamento e plantio de espécies nativas no entorno de nascentes são uma das principais atividades ocorrentes na bacia com a participação dos comitês. A proteção das nascentes é uma importante medida para promoção da melhora na qualidade de água, sendo necessária a ampliação das nascentes protegidas no Rio Manhuaçu. Tais atividades podem ser mais bem conduzidas com o plantio de mudas de qualidade e viveiros próximos ao local de plantio e ampliação das medidas que garantam água em quantidade e qualidade na bacia como forma de manejo integrado.



Resumo Inglês:

Manhuaçu river Watershed has an area of 8,805.33 km² and is one of the main sub-basins of the Doce River, comprising the states of Minas Gerais and Espírito Santo. The objectives of this work were: (1) to carry out the environmental characterization of the Manhuaçu River watershed and its main sub-watershed; (2) describe activities related to the protection of springs in the Manhuaçu River watershed and propose measures that favor the forest restoration of springs in Permanent Preservation Areas  (PPA). An ASTER / DEM mosaic was used, with 30m of spatial resolution and extracted numerical hydrography of the watershed as well as subsequent delimitation of the sub-watersheds above 4th order. Visits to the main sub-watershed were made for better characterization and description. It was observed that the major watershed has 31 sub-watersheds above the 4th order. The largest one is José Pedro River sub-watershed that corresponds to 40% of the total area. Coffee culture is predominant in the river head region, transitioning to dairy farming towards the mouth. Setting up fences and planting native species around springs are some of the main actions in the watershed supported by watershed committees. The protection of springs is an important measure to improve water quality. Therefore, increasing the number of protected springs in the Manhuaçu River watershed is required. Such activities can be better conducted with the planting of quality seedlings and setting up nurseries close to the planting site, as wells as expanding measures that guarantee water in quantity and quality in the watershed as a form of integrated management.