AVALIAÇÃO DO ATRIBUTO INTEGRALIDADE EM SERVIÇOS DE PUERICULTURA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

Revista Ciência Plural

Endereço:
Av. Senador Salgado Filho 1787, Lagoa Nova
Natal / RN
59056-000
Site: http://www.periodicos.ufrn.br/rcp
Telefone: (84) 3442-2338
ISSN: 2446-7286
Editor Chefe: Iris do Céu Clara Costa
Início Publicação: 31/12/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Saúde coletiva

AVALIAÇÃO DO ATRIBUTO INTEGRALIDADE EM SERVIÇOS DE PUERICULTURA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

Ano: 2015 | Volume: 1 | Número: 1
Autores: Tainara Lôrena dos Santos Ferreira, Iris do Céu Clara Costa, Fábia Barbosa de Andrade.
Autor Correspondente: Tainara Lôrena dos Santos Ferreira | [email protected]

Palavras-chave: Integralidade em Saúde; Atenção Primária à Saúde; Saúde da Criança; Avaliação de Serviços de Saúde.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Introdução:A integralidade, atributo essencial dos serviços de Atenção Primária à Saúde, baseia-se em ações de promoção, prevenção de agravos e recuperação da saúde, permitindo uma percepção holística do indivíduo, estando associado aos serviços assistenciais prestados, a fim de responder as necessidades dos sujeitos envolvidos. Objetivo: Avaliar o atributo essencial da Atenção Primária à Saúde, integralidade, no serviço de Puericultura com crianças menores de dois anos. Métodos:Estudo avaliativo, quantitativo, de caráter descritivo, com amostra composta por 186 pais/responsáveis de crianças de 0 à 2 anos de idade que utilizam os serviços da APS da cidade de Santa Cruz, estado do Rio Grande do Norte, Brasil, utilizando um questionário validado no Brasil denominado PCA Tools, versão para crianças. Resultados:Os resultados mostraram que 77.4% das crianças de 0 a 2 anos de idade encontram-se com o cartão de vacinas em dia, e que seus responsáveis possuem conhecimentos sobre planejamento familiar e métodos anticoncepcionais (82.3%). Quanto ao programa de suplementação nutricional para crianças 45.7% já tiveram tais informações. A maioria da amostra (91.4%) recebeu orientações sobre manter a criança saudável,como manter a segurança no lar (55.9%) (exemplo: como guardar medicamentos com segurança), sobre mudanças do crescimento e desenvolvimento da criança (57.0%), maneiras de lidar com o comportamento da criança (52.2%), e maneiras para mantê-la segura (46.8%). Conclusão:Este estudo permitiu identificar potencialidades e grandes avanços pertinentes ao atributo integralidade, bem como necessidades de estratégias a partir das fragilidades apontadas.

Resumo Inglês:

Introduction: Integrality, essential attribute of primary health care services, is based on promotion, disease prevention and recovery, allowing a holistic perception of the individual and is associated with welfare services in order to answer the needs of those involved. Objective:To evaluate the essential attribute of Primary Health Care, integrality, in the service of Child Care with children under two years. Methods: Assessment study, quantitative, descriptive, with a sample of 186 parents / guardians of children aged 0 to 2 years old who use the services of the APS of the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil, using a questionnaire validated in Brazil called PCA Tools, version for children. Results:The results showed that 77.4% of children 0-2 years of age are of the day vaccination card, and that those responsible have knowledge about family planning and contraceptive methods (82.3%). As for the supplemental nutrition program for children 45.7% had such information. Most of the sample (91.4%) received guidance on maintaining healthy child, how to maintain safety in the home (55.9%) (example: how to store medicines safely) on changes in the growth and development of children (57.0%), ways to deal with the child's behavior (52.2%), and ways to keep it safe (46.8%). Conclusion:Thisstudy revealed potential and major advances relevant to the integrality attribute as well as strategies needs from the identified weaknesses.