ARTEFATOS DE CONTABILIDADE GERENCIAL: UM ESTUDO EM CURSOS DE GRADUAÇÃO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA REGIÃO SUDESTE DO BRASIL

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

ARTEFATOS DE CONTABILIDADE GERENCIAL: UM ESTUDO EM CURSOS DE GRADUAÇÃO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA REGIÃO SUDESTE DO BRASIL

Ano: 2019 | Volume: 20 | Número: 2
Autores: Thiago Cunha de Oliveira, Matheus De Lima Marques, Yara Consuelo Cintra
Autor Correspondente: Thiago Cunha de Oliveira | [email protected]

Palavras-chave: contabilidade gerencial, educação contábil, artefatos; ensino contábil

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O ensino dos artefatos da Contabilidade Gerencial (ACG) compreende diversos campos do ensino contábil, assumindo, assim, um caráter multidisciplinar. Através da análise dos conteúdos referentes à Contabilidade Gerencial, adquire-se um entendimento sobre o ensino dos instrumentos gerenciais, bem como as relações entre o ensino acadêmico e as práticas gerenciais no cotidiano das organizações, o que reflete a sua grande relevância. O interesse pelo tema da pesquisa advém das sugestões de estudos futuros nos trabalhos escritos por Marques et al. (2016), Macedo et al. (2014), Souza, Borgert e Richartz (2012), Nascimento, Oliveira e Peter (2012), nos quais os autores ressaltavam a importância de serem realizados estudos acerca desta temática com amostra ampliada e maior quantidade de artefatos. Nessa perspectiva, este estudo, de cunho descritivo, tem por objetivo identificar quais artefatos de Contabilidade Gerencial são ministrados aos discentes do curso de Ciências Contábeis em instituições de ensino superior (IES) localizadas na Região Sudeste do Brasil, bem como, em quais estágios evolutivos os mesmos são classificados e em quais disciplinas normalmente são alocados. Assim, analisou-se as ementas dos referidos cursos disponibilizados pelas 53 IES que formam a amostra, totalizando 331 ocorrências de artefatos. Verificou-se que: há predominância do ensino de ACG tradicionais, sendo o custeio variável o mais frequente; a disciplina contabilidade de custos é a que congrega maior quantidade de artefatos em suas ementas; e, quando comparado aos outros estados da Região Sudeste, o estado de São Paulo possui a maior ocorrência de instrumentos gerenciais em suas ementas.



Resumo Inglês:

The teaching of management accounting artifacts comprises several fields of accounting education, thus assuming a multidisciplinary character. Through the analysis of the contents related to management accounting, an understanding of the teaching of management instruments is acquired, as well as the relationships between academic teaching and management practices in routine of organizations, which reflects their great relevance. The interest in the research theme comes from the suggestions of future studies in the works written by Marques et al. (2016), Macedo et al. (2014), Souza, Borgert and Richartz (2012), Nascimento, Oliveira and Peter (2012), in which the authors emphasized the importance of studies on this subject with an expanded sample and a more artifacts. In this perspective, the purpose of this descriptive study is to identify which management accounting artifacts are taught to students of undergraduate accounting courses in education institutions located in the southeastern region of Brazil, as well as in which evolutionary stages they are classified and in which disciplines are normally allocated. Thus, the disciplines syllabus of the 53 education institutions that form the sample were analyzed, totalizing 331 occurrences of management accounting artifacts. The findings show predominance of traditional artifacts teaching with variable costing being the most frequent; the discipline cost accounting is the one that congregates more quantity of artifacts in the syllabuses analyzed; and the state of São Paulo has a greater occurrence of management instruments in the syllabuses when compared to the other Southeastern states.