APORIA DA SANÇÃO E PARTICIPAÇÃO DAS MULHERES NA POLÍTICA: UM ESTUDO DE CASO DO RESPE 193-92 DE VALENÇA DO PIAUÍ

Revista Eletrônica de Direito Eleitoral e Sistema Político

Endereço:
Rua Francisca Miquelina 123 - Sala 103 - Ed. Brigadeiro - Bela Vista
São Paulo / SP
01316-900
Site: https://apps.tre-sp.jus.br/ojs/index.php/revistaEJEP/index
Telefone: (11) 3030-2439
ISSN: 2594-9519
Editor Chefe: Richard Pae Kim
Início Publicação: 20/06/2018
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Ciências Humanas, Área de Estudo: Ciência política, Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Direito

APORIA DA SANÇÃO E PARTICIPAÇÃO DAS MULHERES NA POLÍTICA: UM ESTUDO DE CASO DO RESPE 193-92 DE VALENÇA DO PIAUÍ

Ano: 2021 | Volume: 5 | Número: 1
Autores: Jessica Guedes Santos, Ademar Aparecido da Costa Filho
Autor Correspondente: Jessica Guedes Santos, Ademar Aparecido da Costa Filho | [email protected]

Palavras-chave: participação política feminina; mulheres, igualdade material, cota de gênero para candidaturas, Respe 193-92.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

As mulheres enfrentam dificuldades para ocupar cargos no Legislativo, apesar de serem maioria no eleitorado nacional. Foram editadas leis buscando aumentar a participação desse grupo na política nacional, que, em alguns pleitos, foram usadas com o intuito fraudulento. O artigo investiga por meio da pesquisa bibliográfica e de estudo de caso quais foram as premissas jurídicas utilizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral para decidir os efeitos do Respe 193-92 (leading case sobre candidaturas fictícias) e apresenta considerações sobre a lógica binária das sanções aplicadas. Três premissas foram utilizadas pelo Tribunal, quais sejam, a prova da fraude na cota de gênero pode ser produzida por diversos meios, o reconhecimento da fraude gera a perda do diploma de todos os candidatos beneficiários e a inelegibilidade é aplicada de forma personalíssima.