ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DOS ACIDENTES OFÍDICOS NO MUNICÍPIO DE TERESÓPOLIS-RJ NO PERÍODO DE 2007 A 2010

Revista Ciência Plural

Endereço:
Av. Senador Salgado Filho 1787, Lagoa Nova
Natal / RN
59056-000
Site: http://www.periodicos.ufrn.br/rcp
Telefone: (84) 3442-2338
ISSN: 2446-7286
Editor Chefe: Iris do Céu Clara Costa
Início Publicação: 31/12/2014
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Saúde coletiva

ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DOS ACIDENTES OFÍDICOS NO MUNICÍPIO DE TERESÓPOLIS-RJ NO PERÍODO DE 2007 A 2010

Ano: 2016 | Volume: 2 | Número: 2
Autores: Ticiana Santa Rita, Herbert Ary Sisenando, Claudio Machado
Autor Correspondente: Claudio Machado | [email protected]

Palavras-chave: Animais Peçonhentos; Epidemiologia; Mordeduras de serpentes; Sistema de Informação em Saúde.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Objetivo: Determinar a epidemiologia e fluxo de informação de notificação dos acidentes ofídicos no município de Teresópolis (RJ). Métodos: Foi realizado um estudo descritivo, quantitativo e retrospectivo dos acidentes e para isso os dados foram coletados por meiode consulta ao banco de dados SINAN NET e das fichas individuais de investigação para notificação de acidentes por animais peçonhentos do SINAN, emitidas pelo Hospital das Clínicas de Teresópolis Costantino Ottaviano no período de 01/2007 –12/2010. Foramavaliadas as seguintes variáveis: tipo, mês e ano do acidente, município de ocorrência, idade, escolaridade, ocupação, sexo, zona de ocorrência, tempo de atendimento, local da picada, manifestações e complicações locais e sistêmicas, tempo de coagulação, classificação, soroterapia, acidente relacionado ao trabalho e evolução do caso. Resultados: Foram analisadas 121 fichas individuais de investigação do município enquanto no SINAN estão registrados 104 casos, indicando uma subnotificação de 14,4%. O gêneroBothrops aparece como responsável pela maioria dos acidentes atendidos com 81,8% dos casos, apresentando sazonalidade maior nos meses entre outubro e março (72,7%), com predominância de acidentados do sexo masculino (78,5%), idade variando entre 20 e 59 anos (80,2%) e maior acometimento dos membros inferiores (68,8%). Conclusões: Concluiu-se que o perfil dos acidentes segue os padrões já descritos na literatura para a região sudeste, mas que existem falhas no preenchimento das fichas individuais de investigação e falta de sintonia entre o processo de coleta de dados e a apresentação dos dados no sistema SINAN NET, apesar deste ser de extrema importância para a informação sobre acidentes com animais peçonhentos.



Resumo Inglês:

Objective:To determine the epidemiology and flow notification information of snakebites in the municipality of Teresópolis (RJ). Methods: We conducted a descriptive study, quantitative and retrospective of accidents and that the data were collected by consulting the SINAN NET database and individual research records for venomous animals by accident notification SINAN issued by the Hospital das Teresópolis Costantino Ottaviano clinics in 01/2007 period -12/2010. The following variables were evaluated: type, month and year of accident occurrence municipality, age, education, occupation, sex, occurrence area, service time, the bite site, demonstrations and local and systemic complications, clotting time, classification, serum therapy, accident related to work and developments.Results: We analyzed 121 individual records municipal research while in SINAN are recorded 104 cases, indicating underreporting of 14.4%. The Bothrops appears as responsible for most injuries treated with 81.8% of the cases, greater seasonality in the months between October and March (72.7%), with predominance of rough male (78.5%), age ranging from 20 to 59 years (80.2%) and increased involvement of the lower limbs (68.8%).Conclusions:We concluded the accident profile follows the standards described in the literature for the southeast region but there are flaws in the filling of individual forms of research and lack of harmony between the data collection process and presentation of data in the SINAN system NET, although this is extremely important for the information on accidents with poisonous animals.