ANÁLISE DAS AÇÕES DEFENSIVAS E OFENSIVAS, E PERFIL METABÓLICO DA ATIVIDADE DO GOLEIRO DE FUTEBOL PROFISSIONAL

Conexões

Endereço:
Rua Américo Verissimo, 701
/ SP
0
Site: http://polaris.bc.unicamp.br/seer/fef/index.php
Telefone: 19 35216627
ISSN: 19839030
Editor Chefe: Gustavo Luis Gutierrez
Início Publicação: 31/12/1987
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Educação física

ANÁLISE DAS AÇÕES DEFENSIVAS E OFENSIVAS, E PERFIL METABÓLICO DA ATIVIDADE DO GOLEIRO DE FUTEBOL PROFISSIONAL

Ano: 2010 | Volume: 8 | Número: 1
Autores: Carlos Roberto Gallo, Carlos Aparecido, Zamai Laércio Vendite, Cleyton Libardi
Autor Correspondente: Carlos Roberto Gallo | [email protected]

Palavras-chave: Goleiro; Caracterização; Metabolismo; Treinamento específico.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

O objetivo deste estudo foi analisar a atividade do goleiro, durante 12 jogos, para obter um perfil
metabólico da sua atividade e uma direção de treinamento mais adequada às reais necessidades da
posição. A metodologia utilizada consistiu inicialmente de levantamento bibliográfico sobre o goleiro e
suas funções, além das características morfológicas, tipos de fibras musculares, metabolismo energético e
ações motoras praticadas durante o jogo . Também foi realizada pesquisa de campo com coleta de dados
quantificando as ações motoras, pré-estabelecidas, nos momentos em que aconteceram. Foram registradas
em uma planilha específica que permite visualizar os momentos ativos e sem intervenções no jogo. Os
resultados obtidos foram os seguintes: 93 ações de saltos/quedas/defesas, 95 saídas do gol (cruzamentos,
enfrentamentos, antecipações), e 267 reposições de bola (passes, lançamentos) totalizando 455 ações
motoras praticadas em 12 jogos. A média obtida por jogo foi de: 7,8 saltos/quedas/defesas, 7,9 saídas do
gol, e 22,3 reposições em 37,9 ações gerais praticadas. Por intermédio dos resultados, conclui-se que a
atividade de alta intensidade (defesas,saídas do gol ou lançamentos) é de curtíssima duração e o tempo
entre uma e outra é longo e suficiente para recuperação. Portanto o perfil de taxa de trabalho do goleiro
implica mais na potência anaeróbica alática, resultando numa pequena depleção de ATP-CP, do que
qualquer outra demanda no sistema de transporte de oxigênio.



Resumo Inglês:

This research intends to analyze the goalkeeper activity while 12 soccer matches to obtain a metabolic
profile of his activity and a better methodology of coaching the goalkeeper real necessities. The
methodology used in this research consisted in analyses of readings about the functions, morphological
characteristics, kinds of muscular fibers, energetic metabolism, specific movements and coaching of the
goalkeeper. It was made a field research to quantify the goalkeeper movements and when they happened.
The information was registered in a specific worksheet which shows the active and without intervention
movements of the goalkeeper while a match. The results were: 93 jumps/declines/defenses, 95 goal exits
(intersections, facing, advances) and 267 balls replacement (pass, releases) totaling 455 movements in 12
matches. The average obtained for match was: 7, 8 jumps/declines/defenses, 7, 9 goal exits and 22, 3
balls replacement in 37,9 movements. After the information analysis it was concluded that the high
intensity activity (defenses, goal exits or pass) has a short time duration and the period of time between
them is long and sufficient to the recovery (an action is performed about every 2 minutes and 40 seconds).Thus the goalkeeper work involves more anaerobic non-creamery power, resulting in a little
depletion of ATP-CP, than any other demand in the oxygen system of transport.