Análise da casuística da leptospirose canina no Hospital Veterinário Universitário - UFPI no período 2018-2019

Revista Agrária Acadêmica

Endereço:
Rua Rio Grande do Norte - 1342, sala 3 - Centro
Imperatriz / MA
65901-280
Site: https://agrariacad.com/
Telefone: (81) 9423-2398
ISSN: 2595-3125
Editor Chefe: Jailson Honorato
Início Publicação: 01/05/2018
Periodicidade: Bimestral
Área de Estudo: Ciências Agrárias, Área de Estudo: Agronomia, Área de Estudo: Biologia geral, Área de Estudo: Bioquímica, Área de Estudo: Botânica, Área de Estudo: Ciência e Tecnologia de Alimentos, Área de Estudo: Ecologia, Área de Estudo: Engenharia Agrícola, Área de Estudo: Medicina Veterinária, Área de Estudo: Melhoramento Animal, Área de Estudo: Microbiologia, Área de Estudo: Recursos Florestais e Engenharia Florestal, Área de Estudo: Recursos Pesqueiros e Engenharia da Pesca, Área de Estudo: Recursos pesqueiros e engenharia de pesca, Área de Estudo: Zoologia, Área de Estudo: Zootecnia

Análise da casuística da leptospirose canina no Hospital Veterinário Universitário - UFPI no período 2018-2019

Ano: 2022 | Volume: 5 | Número: 5
Autores: Tuanny Creusa Medeiros Damasceno, Marlene Sipaúba de Oliveira, Leticia Soares de Araújo Teixeira, Raissa Costa Amorim, Ana Lys Bezerra Barradas Mineiro
Autor Correspondente: Tuanny Creusa Medeiros Damasceno | [email protected]

Palavras-chave: Cães, soroaglutinação, zoonose

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este trabalho teve como objetivo analisar a casuística de leptospirose canina no Hospital Veterinário Universitário – UFPI. Foram atendidos 82 cães no período de 2018 e 2019, com suspeita de leptospirose. Para a confirmação foi realizado o Teste de Soroaglutinação Microscópica (MAT). Os soros classificados com 50%, 75% e 100% de aglutinação foram submetidos a uma segunda prova do MAT para titulação com os sorovares reagentes, considerado infectante o que apresentou maior título, com 35 (43%) reagentes e 47 (57%) não reagentes. Conclui-se que a leptospirose se encontra disseminada entre os cães de Teresina – PI e tem nos roedores sinantrópicos comensais seus principais hospedeiros e ainda o próprio cão.



Resumo Inglês:

This study aimed to analyze the case series of canine leptospirosis at the University Veterinary Hospital – UFPI. A total of 82 dogs were treated between 2018 and 2019, with suspected leptospirosis. For confirmation, the Microscopic Seroagglutination Test (MAT) was performed. The sera classified with 50%, 75% and 100% of agglutination were submitted to a second test of the MAT for titration with the reactive serovars, considered infective the one with the highest titer, with 35 (43%) reagents and 47 (57%) non-reactive. It is concluded that leptospirosis is widespread among dogs from Teresina – PI and has its main hosts in synanthropic rodents, as well as the dog itself.