ÍNDICE RELATIVO DE DESENVOLVIMENTO SOCIOECÔNOMICO DOS MUNICÍPIOS DO LITORAL NORTE DO RIO GRANDE DO SUL: UMA APLICAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL

Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul

Endereço:
Avenida Borges de Medeiros, 1501/9º andar.
Porto Alegre / RS
90119-900
Site: http://planejamento.rs.gov.br/boletim-geografico
Telefone: (51) 3288-1539
ISSN: 24467251
Editor Chefe: Laurie Fofonka Cunha
Início Publicação: 30/06/1955
Periodicidade: Semestral
Área de Estudo: Geografia

ÍNDICE RELATIVO DE DESENVOLVIMENTO SOCIOECÔNOMICO DOS MUNICÍPIOS DO LITORAL NORTE DO RIO GRANDE DO SUL: UMA APLICAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL

Ano: 2015 | Volume: 0 | Número: 25
Autores: L.L. Xerxenevsky, A. Fochezatto
Autor Correspondente: L.L. Xerxenevsky | [email protected]

Palavras-chave: desenvolvimento socioeconômico, desenvolvimento regional, estatísticas multivariadas, análise fatorial, litoral norte.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Este trabalho tem por objetivo analisar o desenvolvimento dos municípios da região do Litoral
Norte do Rio Grande do Sul. Para isso, foi construído um índice de desenvolvimento relativo, o
qual permite verificar os fatores do desenvolvimento bem como hierarquizar os municípios segundo
o nível relativo de desenvolvimento. Os resultados mostram que, em uma escala de 0 a 100, o índice
médio de desenvolvimento situou-se em 46,8. A ordenação segundo o grau de desenvolvimento
evidencia que mais da metade dos municípios da região encontram-se na categoria de baixo
desenvolvimento relativo. Os resultados mostram também que os fatores de subdesenvolvimento
são diferentes entre os municípios da região, possibilitando a focalização de políticas públicas.



Resumo Inglês:

This study aims to examine the development of the municipalities of the coastal region of Rio
Grande do Sul through the index of relative development, which allows to investigate factors of
development as well as to rank the municipalities according to the level of development
comparatively. The results show that, on a scale of 0 to 100, the average development index stood at
46.8. The development degree ordering shows that more than half of the municipalities in the region
are in the low relative development. The results also show that the factors of underdevelopment are
different between the municipalities, allowing the focus of public policy by municipality.