Sob o véu do preconceito: uma análise das mulheres e da sociedade islâmica pela obra de Marjane Satrapi

Protestantismo em Revista

Endereço:
Rua Amadeo Rossi, 467, Morro do Espelho, São Leopoldo, RS
/ RS
93.030-220
Site: http://www.est.edu.br/periodicos/index.php/nepp
Telefone: (51) 2111-1400
ISSN: 16786408
Editor Chefe: Oneide Bobsin
Início Publicação: 31/05/2002
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Teologia

Sob o véu do preconceito: uma análise das mulheres e da sociedade islâmica pela obra de Marjane Satrapi

Ano: 2012 | Volume: 27 | Número: 27
Autores: Luciana Zamprogne Chagas
Autor Correspondente: Luciana Zamprogne Chagas | [email protected]

Palavras-chave: Pós-colonialismo, Islamismo, Gênero, Histórias em quadrinhos.

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Partindo, principalmente, das reflexões de Stuart Hall e
Edward Said sobre a divisão política do mundo entre orientais
e ocidentais, juntamente com as noções de hibridação de
Nestór Canclini, utilizarei a produção quadrinística da artista
iraniana Marjane Satrapi – Persépolis e Bordados – que
discute a sociedade iraniana e as mulheres iranianas sob um
ponto de vista bastante peculiar, em conjunto com o livro da
jornalista australiana Geraldine Brooks, intitulado “Nove
partes do desejo: o mundo secreto das mulheres islâmicas”
para discutir as reflexões que essas duas autoras fazem sobre
as percepções deturpadas e hegemonistas que o discurso
ocidental possui sobre as mulheres do Islã. O corpo deste
artigo compõe uma retrospectiva histórico-cultural sobre o
islamismo, e posterior debate acerca das mulheres, em uma
perspectiva mais ampla e menos eurocêntrica, com foco nas
interações sociais e nas particularidades culturais intrínsecas a
essa sociedade, com o interesse de levantar outras histórias
acerca da situação da mulher islâmica que a comumente
contada pelo ponto de vista do mundo ocidental.



Resumo Inglês:

Based, mainly, in Stuart Hall and Edward Said theories about
world political division between East and West, along
with the notions of hybridization of Nestor Canclini, I will
use the comic books called Persépolis and Embroideries of
iraian artist Marjane Satrapi - - which discusses the Iranian
society and Iranian women in a especific point of view, and
the book of Australian journalist Geraldine Brooks, titled:
“Nine parts of desire: the hidden world of Islamic women” to
discuss ideas of these two authors about misleading
perceptions and a hegemonic Western discourse about the
women of Islam. The body of the article comprises a cultural
historical retrospective on the Islam, and subsequent a less
Eurocentric discussion about the women, with focus on social
interactions and the cultural particularities intrinsic to that
society. The interest is to raise other stories about the
situation of Muslim women, often told by the Western point
of view.