Riqueza de Famílias e Hábitos Alimentares em Coleoptera Capturados na Fazenda da EMPARN– Jiqui, Parnamirim / RN

Entomobrasilis

Endereço:
R. Barão de Vassouras, 33 - Sala 07B - Centro
Vassouras / RJ
27700000
Site: https://www.entomobrasilis.org
Telefone: (21) 9938-5953
ISSN: 19830572
Editor Chefe: William Costa Rodrigues
Início Publicação: 31/03/2008
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Agronomia, Área de Estudo: Zoologia, Área de Estudo: Ecologia, Área de Estudo: Zoologia

Riqueza de Famílias e Hábitos Alimentares em Coleoptera Capturados na Fazenda da EMPARN– Jiqui, Parnamirim / RN

Ano: 2010 | Volume: 3 | Número: 1
Autores: Rodrigo Lucas de Lima, Ricardo Andreazze, Herbet Tadeu de Almeida Andrade, Marcos Paulo Gomes Pinheiro
Autor Correspondente: Rodrigo Lucas de Lima | [email protected]

Palavras-chave: Coleoptera, Malaise, Grupo Trófico

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

Os Coleópteros podem ser encontrados nos mais variados habitats terrestres e até aquáticos, com isso se alimentam de toda a sorte de
matéria vegetais e animais encontradas pelo mundo. Com tanta diversidade, para se compreender melhor sua biologia e seus hábitos alimentares eles
foram categorizados em cinco grupos tróficos: carnívoros, detritívoros, herbívoros, fungívoros e algívoros. Visando identificar as famílias e os hábitos
alimentares em Coleoptera adultos, foram realizadas coletas na fazenda da EMPARN–Jiqui (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do
Norte), em quatro áreas, sendo um Fragmento de Mata Atlântica e três monoculturas: cajueiro anão precoce, coqueiro anão verde e coqueiro híbrido
gigante. O tempo foi de 26 semanas consecutivas de 1º de janeiro a 1º julho de 2005. Foi utilizada para a captura dos Coleoptera em cada área uma
armadilha do tipo Malaise, na qual foram colecionados 1544 indivíduos de trinta famílias nas quatro áreas amostradas, assim distribuídos: fragmento
de mata com maior número de insetos e famílias respectivamente, 692 indivíduos e 28 famílias, seguida pelo coqueiro híbrido gigante com 533
indivíduos e 20 famílias, cajueiro anão precoce com 184 indivíduos e 15 famílias e por último o coqueiro anão verde com apenas 135 indivíduos e 18
famílias. Enquanto que entre os cinco grupos tróficos, quatro foram encontrados: herbívoros, compreendendo 14 famílias; carnívoros, com 9 famílias;
detritívoros, 5 famílias; e fungívoros, com apenas 4 famílias; onde as cinco famílias mais numerosas são herbívoras e juntas representam 64% de todos
os coleópteros amostrados, e o remanescente de mata tem o maior numero de famílias herbívoras. Com isso o Fragmento de mata demonstra ter uma
grande diversidade de entomofauna, sendo um mantenedor e distribuidor mesmo cercado por monoculturas.



Resumo Inglês:

The Beetles can be found in different terrestrial and aquatic habitats and feed of a large variety of vegetal and animal substances deriving
from the environment. Searching to understand this high diversity and its alimentary habits they had been categorized in five trophic groups:
carnivorous, detritivorous, herbivorous, fungivorous and algivorous. Aiming to recognize these groups, identify families and its alimentary habits
in adult beetles, collects were done at the EMPARN – Jiqui farm, a experimental farm placed near the city of Natal, the principal city at Rio Grande
do Norte State. Four areas were studied: an Atlantic forest fragment, a precocious dwarf cashew, a green dwarf coconut palm and a giant hybrid
coconut palm. During 26 consecutive weeks between January to July 2005, malaise traps were used on each area collecting 1544 beetles of 30
families distributed like this: in forest fragment were captured 692 beetles of 28 families; giant hybrid coconut palm 533 beetles of 20 families;
precocious dwarf cashew 184 beetles of 15 families and green-dwarf-coconut-palm where were collected 135 specimens of 18 families. The trophic
groups classification shows that herbivorous had 14 families; carnivorous, 9 families; detritivorous 5 families and fungivorous had only 4 families.
The five most numerous families were herbivorous representing 64% of all the Coleoptera and in the forest fragment we had the higher number of
herbivorous families of all experiment. Then, this fragment has demonstrated to have a big insect diversity being a small support and spread area even
so surrounded by monocultivations and the city.