POLÍTICA DE DIVIDENDOS E DESEMPENHO ECONÔMICOFINANCEIRO: UM ESTUDO NAS COMPANHIAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Revista Mineira de Contabilidade

Endereço:
Rua Cláudio Manoel - 639 - Savassi
Belo Horizonte / MG
30140-105
Site: http://revista.crcmg.org.br
Telefone: (31) 3269-8413
ISSN: 2446-9114
Editor Chefe: Profª. Dra. Nálbia de Araújo Santos
Início Publicação: 16/10/2000
Periodicidade: Quadrimestral
Área de Estudo: Ciências Sociais Aplicadas, Área de Estudo: Ciências Contábeis

POLÍTICA DE DIVIDENDOS E DESEMPENHO ECONÔMICOFINANCEIRO: UM ESTUDO NAS COMPANHIAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS

Ano: 2019 | Volume: 20 | Número: 3
Autores: Altieres Frances Silva, Rainer Silva de Oliveira, Guilherme Freitas Cardoso, Kárem Cristina de Sousa Ribeiro
Autor Correspondente: Altieres Frances Silva | [email protected]

Palavras-chave: política de dividendos, desempenho, minas gerais, correlação canônica, regionalidade

Resumos Cadastrados

Resumo Português:

A relação entre a política de dividendos e o desempenho econômico-financeiro das organizações permite analisar aspectos relevantes quanto às características dos mercados. Considerando que o desenvolvimento nacional envolve a compreensão das diferenças regionais, este artigo teve como objetivo analisar essa relação, entre política de dividendos e desempenho econômico-financeiro, para as companhias listadas na Bolsa de Valores do Brasil (B3) e sediadas no estado de Minas Gerais. Utilizou-se a base de dados Economatica para a obtenção do grupo de variáveis proxy da política de dividendos (dividendos pagos, dividendos pagos por ação e dividend yield), do desempenho econômico-financeiro (ROA, ROE, lucro líquido, lucro por ação e liquidez) e de controle (ativo total). Aplicou-se a correlação canônica para a verificação das associações. Os resultados demonstraram que, de 2010 a 2017, a política de dividendos das companhias analisadas correlacionou-se de modo positivo com as variáveis proxy do desempenho econômico-financeiro, exceto com a liquidez. As associações mais fortes obtidas foram entre os dividendos pagos e as variáveis lucro líquido e ativo total, sugerindo-se, assim, que a distribuição de dividendos é fator de interesse nessas companhias, contrariando a Teoria da Irrelevância dos Dividendos. O modelo proposto apresentou margem de redundância total de 0,3124, indicando que as variáveis independentes utilizadas explicam 31,24% da variância média das variáveis utilizadas como proxy da política de dividendos. A presente pesquisa apresentou informações relevantes quanto às características das empresas de uma importante região econômica e forneceu subsídios para o desenvolvimento de futuras pesquisas que avancem nas análises desenvolvidas – sob uma ótica regional.



Resumo Inglês:

The relationship between the dividend policy and the economic-financial performance of the organizations allows us to analyze aspects relevant to the characteristics of the markets. Considering that national development involves the understanding of regional differences, this article aimed to analyze this relationship between dividend policy and economic and financial performance for companies listed on the Brazilian Stock Exchange (B3) and headquartered in the state of Minas Gerais. We used the Economatica database to obtain the group of proxy variables for dividend policy (dividends paid, dividends paid per share and dividend yield), economic-financial performance (ROA, ROE, net income, earnings per share and liquidity) and control (total assets). The canonical correlation was applied to verify the associations. The results showed that, from 2010 to 2017, the dividend policy of the companies analyzed correlated positively with the proxy variables of economic-financial performance, except for liquidity. The strongest associations obtained were between the dividends paid and the variables net profit and total assets, thus suggesting that the distribution of dividends is an interest factor in these companies, contrary to the Theory of Dividend Irrelevance. The proposed model presented a total redundancy margin of 0.3124, indicating that the independent variables used explain 31.24% of the average variance of the variables used as proxy for dividend policy. The present research presented relevant information about the characteristics of the companies of an important economic region and provided subsidies for the development of future research that advances in the analyzes developed - from a regional perspective.